Os artistas que fizeram e fazem os 28 anos do SBT

Em 28 anos, muitos apresentadores, jornalistas e artistas fizeram ou ainda fazem parte do ‘casting’ do SBT. Gugu Liberato que deixou a emissora em julho deste ano, contabilizou mais de 27 anos como contratado. No período, acumulou a apresentação de diversos programas, entre eles o ‘Viva a Noite’, ‘Corrida Maluca’ e ‘Nações Unidas’. Christina Rocha viu o SBT nascer, quando conduzia o jornalístico ‘O Povo na TV’. Entre idas e vindas ao ar esteve à frente do ‘Musicamp’, ‘Aqui Agora’, ‘Fantasia’, ‘Sessão Passatempo’ e ‘Programa Livre’. Hebe Camargo, a dama da TV, chegou em 86, oriunda da Band, e além do programa semanal que leva o seu nome, apresentou o ‘Hebe por Elas’ e dividiu com Adriane Galisteu, Jorge Kajuru e Cacá Rosset, o ‘Fora do Ar’, de 2005. De artista de circo a apresentador, Luis Ricardo foi um dos intérpretes mais conhecidos do palhaço ‘Bozo’ e ao deixar o personagem passou a comandar promoções relacionadas ao Baú da Felicidade como ‘A Felicidade Bate a Sua Porta’ e ‘Visita da Felicidade’, além de uma fase do ‘Gol Show’.

Por mais de 15 anos, Wagner Montes esteve no SBT, ora sendo jurado do ‘Show de Calouros’, ora como repórter do ‘Aqui Agora’ ou apresentador do ‘Musicamp’ e do ‘Jornal Policial’. Há mais de 12 anos contratado da emissora, o jornalista Hermano Henning já esteve à frente dos mais diversos telejornais. Ancorou o ‘TJ Internacional’, ‘TJ Brasil’, ‘Jornal do SBT – Manhã’, ‘Jornal do SBT – Noite’, ‘SBT Brasil’, ‘Jornal do SBT’ e  ‘SBT Manchetes’, além de ter sido o apresentador do ‘SBT Repórter’ por um período. Nos anos 80, Ivo Morganti era figurinha carimbada nos programas da emissora. Seja como apresentador de telejornais como ‘Aqui Agora’, ‘Show de Notícias’ e ‘Cidade 4’ – exibido apenas na capital paulista – ou como narrador esportivo das transmissões de futebol.

28anosNa década de 80, a emissora fez várias contratações. Vieram Raul Gil, Murilo Néri (que comandou o ‘Você Faz o Show’ e o ‘Novos Talentos’), Jota Silvestre (conduzindo ‘A Mulher é um Show’), Sérgio Chapelin (contratado para comandar ‘Show Sem Limite’), Mauro Zuckermann (segundo apresentador do ‘Novos Talentos’), Rolando Boldrin (o dominical matinal ‘Pé na Estrada’), Flávio Cavalcanti (que ficou no SBT até sua morte em maio de 86), e o casal Aírton Rodrigues e Lolita Rodrigues (com o lendário ‘Almoço com as Estrelas’). Já nos anos 90, chegaram nomes como Angélica (que chegou a ter programas diários), Eliakin Araújo e Leila Cordeiro, Mônica Waldvoguel, Berto Filho, Lilian Witte Fibe, Silvia Poppovic (que apresentava um programa que levava o seu nome), Agildo Ribeiro, Marília Gabriela (que além do seu tradional ‘talk-show’, no caso o ‘De Frente com Gabi’, ancorou o ‘SBT Repórter), Ratinho e Otávio Mesquita. E nos anos 2000, contratações como Adriane Galisteu, Roberto Justus, Babi, Ana Paula Padrão, Carlos Nascimento e Sônia Abrão. Paralelamente, o SBT continuou revelando novos apresentadores, como Márcia Goldschmidt, Celso Portiolli, Eliana, Jackeline Petkovick, Ligia Mendes (que esteve à frente do ‘Ídolos’, ‘Astros’ e ‘Quem Perde, Ganha’) e Regina Volpato, entre muitos outros.

Ao investir mais pesadamente em teledramaturgia entre os anos de 1994 e 96, foram contratados artistas como Irene Ravache, Othon Bastos, Marcos Caruso, Joana Fomm, Raul Gazolla, Jussara Freire, Tarcísio Filho, Antônio Petrim, Denise Fraga, Jandir Ferrari, Osmar Prado, Juca de Oliveira, Débora Bloch, Eduardo Moscovis, Ana Lúcia Torre, Bia Seidl, Rubens de Falco, Angelina Muniz, Tônia Carrero, Fúlvio Stefanini e Adriana Esteves. Além deles, as novelas da emissora passaram a revelar diversos atores e atrizes ou deu a eles papéis de destaques em suas produções. Foi o caso de Caio Blat, Gabriel Braga Nunes, Flávia Monteiro, Nelson Freitas, Carmo dalla Vecchia, Sthefany Brito, Fernanda Souza, Wagner Santisteban, Mariana Ximenez, Regiane Alves, Bianca Rinaldi, Bianca Castanho, Gisele Itié, Carla Diaz e Bárbara Paz só para citar alguns nomes.

No humor, os maiores expoentes da comédia passaram (e ainda passam) pela emissora: Maria Tereza (a eterna Fofoqueira da ‘Praça’), Geraldo Alves, Rogério Cardoso, Costinha, Simplício, Rony Cócegas, Roni Rios (a Velha-Surda), Canarinho, Jorge Loredo, Pedro Bismarck, Consuelo Leandro, Jorge Lafond, Thaís de Andrade, Ronald Golias, Nair Bello, Daniela Calabresa, Carlos Leite, Saulo Laranjeira, Guto Franco e Dercy Gonçalves. Nesses 28 anos, muitos artistas que tiveram passagem pela emissora, já não estão mais entre nós. Além de alguns já citados, estão nessa lista Décio Roberto (o último Bozo), Valentino Guzzo (a inesquecível Vovó Mafalda), Renato Barbosa (e suas paródias), Ademar Dutra (responsável pelas externas do ‘Nações Unidas’ e ‘Cidade x Cidade’), Felizberto Duarte (o homem do tempo), Aracy de Almeida, Pedro de Lara, Jacinto Figueira Jr., Sargentelli, Carlos Imperial (jurado fixo do ‘Troféu Imprensa’), Ruth Roncy (a rainha das câmeras escondidas), Thales PanChacon, Lia de Aguiar, Yara Lins, Jofre Soares, Luiz Carlos Arutim e José Roberto Rocha (apresentador do ‘Clube Irmão Caminhoneiro Schell’) foram alguns que ajudaram a escrever a história do SBT.

  • 20/08/2009
  • Administração

Veja mais

Deixe seu comentário