Veja audiência da TV com a cobertura da morte de Eduardo Campos

eduardocamposA morte de Eduardo Campos provocou plantões nas emissoras de TV e edições especiais dos telejornais. O “Jornal Hoje” somou 15 pontos de média contra 9 da véspera. Vale lembrar que o “Hoje” começou mais cedo e ocupou os horários do “Globo Esporte” e “Vídeo Show”. O “SPTV 1ª Edição”, que noticiou o acidente, marcou 12 (na véspera havia somado 11). A segunda edição do telejornal local pulou de 19 para 22.5. Já o “Jornal Nacional” teve 26 (contra 24 da terça-feira, quando entrevistou o candidato). O “Jornal da Globo” ficou com 10 contra 9 da terça-feira.

Na Record, o “Programa da Tarde” foi dedicado à morte do presidenciável e subiu de 5 para 6; o “Cidade Alerta”, também com a cobertura, foi de 9 para 10; e o “Jornal da Record”, oscilou quase nada: de 9.0 para 8.5. O “Balanço Geral”, que cobriu o acidente e, depois, a confirmação da morte de Campos, ficou com 7 de média.

No SBT, um plantão jornalístico marcou 5 pontos no meio da tarde; nele foi informada a morte do candidato do PSB. O “SBT Brasil” bateu recorde de audiência no ano com 9 pontos – foi ainda a maior média desde janeiro de 2012 (na terça, o telejornal havia somado 7 pontos). Na madrugada, o “Jornal do SBT Noite” teve 4 (contra 3 da véspera). Um pouco antes, o “Conexão Repórter”, ao vivo, cobriu a tragédia e marcou 6, mesma média da semana anterior.

Na Band, um plantão jornalístico no começo da tarde somou 3; em seguida, o “Tá na Tela” marcou 4. O “Brasil Urgente” ficou com 6 na parte nacional e 4 no segmento local. O “Jornal da Band” teve 4 (contra 5 da terça-feira) e o “Jornal da Noite”, 1. E na RedeTV!, o “A Tarde é Sua” marcou 1, metade do “RedeTV! News”.

  • 14/08/2014
  • Administração

Veja mais

Deixe seu comentário