Rumos do jornalismo do SBT podem fazer Cabrini mudar de canal

Até pouco tempo atrás satisfeito e orgulhoso de sua estadia no SBT, Roberto Cabrini agora avalia sua permanência no canal de Silvio Santos.

Segundo informações exclusivas obtidas pelo Central Notícias, o jornalista estaria se sentido incomodado com os rumos que o SBT tem seguido no jornalismo.

Um dos mais divulgados e vexatórios caminhos tomados pela emissora foi a estreia do Homem do Saco do programa “Fofocando” como apresentador de telejornal. O SBT foi muito criticado por colocar um jovem, sem experiência em TV à frente do jornal “Primeiro Impacto” no lugar de suas experientes jornalistas, Joyce Ribeiro e Karyn Bravo, sem aviso e explicação. Dudu Camargo aparentemente não tem um plano de carreira  e é visto como um fantoche de mais uma diversão momentânea do dono do SBT, que estaria em busca de repercussão na mídia.

Outro desagrado de Cabrini seria  se prestar recorrentemente como “veículo” de divulgação de atrações da emissora. Recentemente ele teve que fazer um “Conexão Repórter” com a atriz mexicana Lucero para divulgar a novela “Carinha de Anjo”. Cabrini, pelo peso de sua carreira, prefere as grandes reportagens… algo que tem ficado cada vez mais difícil de se fazer porque o SBT tem diminuído o orçamento do noticiário.

Isso é o que se comenta internamente no SBT. O Central Notícias ressalta que Cabrini, publicamente, nunca demonstrou tais opiniões.

Apesar dos aspectos negativos, ressalte-se que Cabrini está avaliando propostas de outras emissoras (principalmente da Record), mas atualmente há maiores chances de ele permanecer no SBT – onde lida com menos competição de egos. Mas tudo pode mudar.

  • 05/01/2017
  • Léo Rocha

Veja mais

Deixe seu comentário