Filha de Michael Jackson afirma que foi estuprada e o seu pai assassinado

Paris Jackson, filha de Michael Jackson, deu uma declaração polêmica em entrevista à revista “Rolling Stone”.

Ela afirmou que o pai foi assassinado “Porque é óbvio. Tudo aponta para isso. Parece uma teoria da conspiração e parece besteira, mas todos os fãs reais e todo mundo da família sabe disso. Foi uma armação. Foi mentira”,

Apesar de não dar detalhes e assunto ser tabu, Paris revelou que foi estuprada quando tinha apenas 14 anos de idade. “Realmente não quero dar muitos detalhes. Definitivamente não foi uma boa experiência. Foi muito difícil para mim na época. Eu não conseguia contar para ninguém”, contou ela.

Uma das grandes mágoas de Paris são as acusações de que seu pai era pedófilo. “Imagine seu pai chorando porque o mundo odeia ele por algo que ele não fez. Isso é horrível… Eu comecei a odiar o mundo por causa do que eles estavam fazendo para ele (Michael). Como as pessoas podiam ser tão malvadas?”.

Paris falou ainda que cometeu várias tentativas de suicídio em 2013, revelou que cobriu cicatrizes de automutilação com tatuagens. “Eu me odiava, tinha baixa autoestima e achava que não fazia nada certo. Eu achava que não valia a pena continuar vivendo”, disse ela, que encontrou na moda uma nova vida.

Informações do R7.com e do jornal Tribuna do Povo.

 

  • 25/01/2017
  • Elthon Ribeiro

Veja mais

Deixe seu comentário